sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Humano em farrapos


Do tiro: oitenta pílulas,
O resto humano
Que ainda há em mim
Resistiu
E mais uma vez, sobrevivo.
 
A minha tristeza
E minha dor
Atentaram contra minha vida
Fracassaram;
(não sei se por sorte ou por azar)
Acertaram a facada medicamentosa,
Mas as sobras de algo que fui
Resistiram…
Sobrevivo.
 
Sobre o vivo farrapo,
Uma solitária prisão
Encarceradas a tristeza
E a dor
Em meu coração.



A.R. Berenguer 31/08/2016